** Bom Despacho **

Vista Noturna Matríz Bom Despacho

Vista Noturna Matríz Bom Despacho

Bom Despacho Vista Aérea

Bom Despacho Vista Aérea
Igreja Matriz de Bom Despacho

Bom Despacho Minas Gerais - 103 Anos

Bom Despacho Minas Gerais - 103 Anos

Minas Gerais Tem Jeito Jesus Cristo

Minas Gerais Tem Jeito Jesus Cristo

Bom Despacho Mensageiros do Amor Maior

Bom Despacho Mensageiros do Amor Maior

Bom Despacho e Mensageiros do Amor Maior

Bom Despacho e Mensageiros do Amor Maior

Bom Despacho Tem Jeito Jesus Cristo

Bom Despacho 103 Anos de Progresso

Bom Despacho 103 Anos de Progresso
Sêlo dos 103 Anos de Emancipação Político-Administrativa do Município de Bom Despacho

Produto Interno Bruto do Centro Oeste Mineiro Segundo IBGE


Divinópolis continua liderando com folga o ranking do Produto Interno Bruto (PIB) no Centro-Oeste com uma diferença de R$ 2,2 bilhões de frente em relação ao segundo Município
colocado: Itaúna. Um levantamento realizado pelo Jornal Agora com base de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que Nova Serrana e Bom Despacho foram as únicas das 10 principais cidades da região com crescimento acima de dois dígitos na produção de riquezas. O ranking da região ficou praticamente sem alterações, somente Arcos passou Piumhi. Com crescimento de 5,70% em 2012, Divinópolis tem um PIB de R$ 3,9 bilhões e apenas outros dois municípios estão na casa de R$ 1 bilhão na região. Itaúna é a segunda cidade do Centro-Oeste com maior PIB: R$ 1,788 bilhão, de acordo com os números de 2012. O valor é 5,30%  maior em relação a 2011 quando somou R$ 1,698 bilhão. Em 2012, Nova Serrana ficou na terceira posição na região na produção de riquezas: R$ 1.092 bilhão. Foi a primeira vez que a Capital Nacional do Calçado Esportivo ultrapassou a casa de R$ 1 bilhão. Em 2011, o PIB da cidade era de R$ 975 milhões.

Entre os 10 municípios analisados pelo Agora, Nova Serrana obteve o maior crescimento percentual de 2011 para 2012 chegando a 12%, de acordo com o IBGE. O PIB de Formiga cresceu 8,61% em 2012, versus o ano anterior. A cidade ficou na quarta posição no Centro-Oeste com a produção de riquezas somando R$ 971 milhões. Com o crescimento de 4,71% do PIB,
Lagoa da Prata é detentora da 5ª melhor posição no Centro-Oeste: R$ 889 milhões. Na sexta posição aparece Arcos (R$ 794 milhões) superando Piumhi (R$ 772 milhões), que caiu para o 7º lugar e registrou a maior queda entre as cidade pesquisadas na produção de riquezas: -8,74%.
Bom Despacho obteve o segundo maior crescimento percentual: 10,98%, ficou apenas atrás de Nova Serrana. A cidade tem a 8ª posição do PIB na região passando de R$ 637 milhões para R$ 707 milhões. Oliveira ficou na nona posição com um PIB somando R$ 500 milhões. De 2011 para 2012 a produção de riquezas da cidade cresceu apenas 1,51%. Na 10ª posição do PIB do Centro-Oeste aparece Pompéu. O município assinalou de 2011 para 2012 perda de 1,54% na produção de riquezas. Pompéu tinha um PIB de R$ 462 milhões e passou para R$ 455 milhões, conforme os números do IBGE
.


Ranking Produto Interno Bruto

PIB do Centro-Oeste Mineiro
( 10 Maiores Municípios em Arrecadação)

1º   Divinópolis - 3.986.481
2º   Itaúna - 1.788.104
3º   Nova Serrana - 1.092.307
4º   Formiga - 971.253
5º   Lagoa da Prata - 889.590
6º   Arcos     - 794.082
7º   Piumhi   - 772.877
8º   Bom Despacho - 707.135
9º   Oliveira  - 500.297
10º Pompéu - 455.535

Fonte: Jornal Agora Dados do IBGE

Fundação do Arraial de N. S. de Bom Despacho

Entre 1762 e 1765 portugueses fundam o Arraial de N. Sra. do Bom Despacho do Picão. No início do século XX o município consegue a sua emancipação política. Bom Despacho está a 156 km de Belo Horizonte, numa região que vai das nascentes do Rio São Francisco até o grande Lago de Três Marias. A cidade está em uma rota de turismo que liga as regiões do Pantanal e de Caldas Novas às praias do litoral Sudeste o Norte de São Paulo ao Sul da Bahia. A maioria da população é de origem lusitana. Os descendentes de africanos são parte expressiva da população, como também os descendentes de alemães, austríacos, libaneses, italianos e espanhóis. A cidade tem uma grande vocação para o turismo, apresentando aos visitantes histórias fantásticas e lugares inesquecíveis. A Biquinha, no centro da cidade, era o sítio de descanso dos bandeirantes. Hoje, há uma certeza em Bom Despacho: quem bebe a água da Biquinha e come os biscoitos da Mariquinha garante a volta à cidade. A padroeira da cidade, Nossa Senhora do Bom Despacho, era conhecida em Portugal como a Senhora do Sol. Por esse motivo, Bom Despacho é chamada de Cidade da Senhora do Sol. O artesanato é um rico atrativo de Bom Despacho. A indústria moveleira, com produtos de alta qualidade, atrai visitantes de outras localidades. fonte: SESC-MG